Primeiros Passos: 3. Adicionar um banco de dados

Adicionando um banco de dados à aplicação.

Um banco de dados é adicionado em uma aplicação através do sistema de cartridges ou cartuchos, dessa forma você não precisará se preocupar com a instalação, configuração e criação de usuários e permissões do banco de dados.

Dica:

Adicionar o banco de dados está a um comando de distância, abra o terminal e digite:

$ rhc cartridge add mysql-5.1 -a <app>

Ou pela interface web, acesse o dashboard e escolha a aplicação que deseja adicionar um banco e clique em "Add Cartridge"

 app-1.png

Selecione o Cartridge "MySQL Database 5.1"  e clique em "Add Cartridge"

app-3.png

Pronto, seu banco está adicionado!

O banco de dados é criado com o mesmo nome da aplicação, neste caso "site"

 

Adicionando o PHPMyAdmin:

Dica:

Adicionar o PHPMyAdmin está a um comando de distância, abre a o terminal e digite:

$rhc cartridge add phpmyadmin -a <app>

Ou adicione usando o dashboard web, escolha a aplicação em "Add Cartridge"

app-5.png

 

Procure o cartridge "phpMyAdmin 3.4"  e clique em "Add Cartridge"
obs: o PHPMyAdmin não funciona em aplicações escaláveis, neste caso você poderá usar o port-forward e um cliente MySQL. Veja mais abaixo sobre port-forward
  

app-6.png

Guarde o usuário e senha pois serão necessários para acessar o MyAdmin.

Agora basta acessar o link do MyAdmin, seguindo na url "/phpmyadmin" da sua aplicação. 

Informe o usuário e senha e pronto, você já pode gerenciar seu banco!

Acessando o banco através do seu cliente favorito:

Se você prefere utilizar o seu cliente de SQL favorito não se preocupe, temos uma solução para você. Para isso você precisará do RHC - Instalando o RHC.

Com o RHC instalado e configurado, abra o "terminal" no Linux e Mac, para Windows utilize o "Git Bash"

O método a seguir requer o usuário e senha do banco, se você não tem rode o comando abaixo:

$ rhc app show <app>

Com o usuário e senha do banco vamos rodar o "port-forward". Este comando cria um tunnel entre seu computador e a aplicação na Getup.

O RHC procura pelas portas disponíveis em sua máquina e cria o túnel, neste caso a porta 3306 estava disponível mas pode ser que na sua máquina seja diferente, fique atento:

Ainda no terminal digite:

$ rhc port-forward <app>

Checking available ports ... done
Forwarding ports ...
Address already in use - bind(2) while forwarding port 8080. Trying local port 8081

To connect to a service running on OpenShift, use the Local address

Service Local OpenShift
------- -------------- ---- ---------------
httpd 127.0.0.1:8080 => 127.6.19.1:8080
httpd 127.0.0.1:8081 => 127.6.19.3:8080
mysql 127.0.0.1:3306 => 127.6.19.2:3306

Press CTRL-C to terminate port forwarding

No meu caso o endereço "127.0.0.1:3306" está atrelado ao MySQL da aplicação.

Agora abra seu cliente preferido, eu vou utilizar o MySQL QueryBrowser que pode ser encontrado aqui:

 

app-10.png

Informe host e porta do passo anterior, usuário e senha (adquiridos ao adicionar o cartridge de banco) e clique em Connect

Pronto, você já pode administrar o banco de sua aplicação com seu cliente preferido.

 

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

0 Comentários

Por favor, entre para comentar.
Powered by Zendesk